Dicionário - Verbetes

ENFOQUE SÓCIO-HISTÓRICO-CULTURAL

Autor: MARÍA TERESA MACHADO DURÁN

O enfoque sócio-histórico-cultural tem no psicólogo Lev Semenovitch Vygotsky o seu fundador e criador, porém não se deve subestimar a obra dos seus seguidores dentre os quais se encontram: A. N. Leontiev, A. R. Luria, L. I. Bozhovich, P. Ya. Galperin, dentre outros. Esse enfoque, também denominado na literatura reconhecida de paradigma, escola ou teoria sócio-histórico-cultural tem uma base filosófica marxista, de forte apego ao materialismo dialético e histórico, que se encontra amplamente difundida e reconhecida mundialmente pelos seus valiosos aportes ao campo da pedagogia.

No enfoque vigotskyano, ocupa um lugar de privilégio o estudo da consciência e as funções psíquicas tanto na filogênese quanto na ontogênese e a concepção da atividade humana como elemento essencial da transformação da psique. Sobre este último, destaca-se que, assim como a atividade laboral está mediada por instrumentos, também os processos psíquicos estão mediados por instrumentos da cultura, dentro dos quais, no amplo entrelaçado semiótico de que dispõe o homem, destacam-se a escritura, as obras de arte, os símbolos numéricos e a linguagem, os quais foram transmitidos e assimilados pelo homem em seu desenvolvimento histórico cultural, e são essenciais para sua transformação cultural. É importante, sobretudo, a contribuição desse enfoque para a compreensão dos processos de internalização e autorregulação das funções e processos psicológicos.

Segundo Vigotsky, chamado de Mozart da Psicologia, na formação dos educandos: “o desenvolvimento psicológico deve ser entendido como uma série de mudanças ou transformações qualitativas, associadas a mudanças no uso de ferramentas psicológicas”, o qual destaca os critérios de A. G. Spirkin, quando nesse mesmo sentido aponta: “o termo instrumento aplicado à linguagem não é somente uma metáfora [pois] resulta de grande importância assinalar que entre os instrumentos de trabalho e a linguagem existe realmente algo parecido e certa relação de tipo funcional e genético” (MACHADO, 2005, p. 12).

Outra das noções transcendentes desse enfoque é o conceito de zona de desenvolvimento próximo, cujo valor diagnóstico foi descrito por Vigotsky e faz alusão “a distância entre o plano das relações interpessoais e o plano psicológico individual (intrapsíquico); dito de outra maneira, entre o que o educando pode fazer com ajuda e o que pode fazer para si mesmo” e que resulta essencial na teoria e prática pedagógicas para a definição científica de estratégias, novos modelos formativos e didáticos da escola atual. (VIGOTSKY, 1988, p.103).

O enfoque sócio-histórico-cultural coloca em seu centro o sujeito que aprende e desvela o vínculo do afetivo e do cognitivo como parte do caráter integral do psiquismo humano. Reconhece o papel da atividade e da comunicação na interação do sujeito e, de maneira muito especial, considera a aprendizagem como atividade social e não somente como um processo individual, no qual tem espaço a produção e reprodução do conhecimento de forma ativa e consciente.

BIBLIOGRAFIA:

GALPERIN, P. Y. Sobre la formación de los conceptos y de las acciones mentales. In: SERGATE, A. (Comp.). Lecturas de psicología pedagógica. La Habana: Ed. Universidad de La Habana, 1983.

LEONTIEV, A. N. Actividad, conciencia y personalidad. La Habana: Editorial Pueblo y Educación, 1981

MACHADO, M. T. La palabra, el concepto y la formación de la cultura.In: HERNANDEZ SANCHEZ, J. E. ; GONZALEZ, O. G. Español, texto y comunicación. Camagüey: Acana, 2005. p. 20-27.

VIGOTSKY, L. S. El desarrollo de los procesos psicológicos superiores. Cambridge: Harvard University Press, 1988.

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | L
M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V

Dica de pesquisa: no use acentos!



Verbetes Relacionados

----- A -----

----- C -----

----- D -----

----- E -----

----- A -----

----- A -----

----- E -----

----- F -----

----- G -----

----- H -----

----- I -----

----- J -----

----- L -----

----- M -----

----- N -----

----- O -----

----- P -----

----- R -----

----- S -----

----- T -----

----- U -----

----- V -----



gestradoufmg@gmail.com
TEL.: +55   31   3409.6372
 


AV. ANTÔNIO CARLOS, 6627
BELO HORIZONTE - MG - BRASIL
CEP: 31270-901
HOME
QUEM SOMOS
APRESENTAÇÃO
PESQUISADORES
PARCEIROS
CONTATO
PESQUISAS
PUBLICAÇÕES
ARTIGOS
LIVROS
TESES E DISSERTAÇÕES
OUTRAS PUBLICAÇÕES
NOTÍCIAS
EVENTOS
DICIONÁRIO
APRESENTAÇÃO
VERBETES
SOBRE OS AUTORES
AGRADECIMENTO
DEDICATÓRIA